Irreverência, humor, criatividade, non-sense, ousadia, experimentalismo. Mas tudo pode aparecer aqui. E as coisas sérias também. O futuro dirá se valeu a pena...ou melhor seria ter estado quietinho, preso por uma camisa de forças!
Segunda-feira, 4 de Agosto de 2008
Um quisto anal

O homem, reformado pobre já com idade avançada e vários problemas de saúde, estava sentado no sofá encardido pelo tempo e pelo uso a ver qualquer coisa na TV. Era noite e já dormitava mais do que observava o desinteressante programa que lhe era impingido.

A seu lado, a mulher, companheira certa de uma vida longa, mais velha do que ele e de saúde ainda mais periclitante.
Maria da Luz e João eram dois idosos com reformas de miséria como há tantos por aí. Serviam de muleta um ao outro pois os dois filhos andavam longe, nas obras, e não lhes podiam dar grande apoio.
Em certo momento o ancião abanou a companheira e disse:
- Ó Maria! Tenho aqui um quisto no olho do cu.
Ela acordou e resmungou:
- Que foi, chato? Estava a dormir tão bem!
- Estava aqui a coçar o rabo e notei uma saliência.
- Ora! Tu és tão peludo que deve ter sido algum bocado de caca que ficou presa aos pelos.
Mas ele teimou:
- Isso já me aconteceu algumas vezes mas lavei-me e saiu. Como fiz a limpeza antes de me sentar aqui, não é nada disso. Vamos ali ao quarto para tu veres o aspecto desta coisa.
A mulher emitiu um desafabo quasi inaudível mas levantou-se, no que foi seguida pelo João.
De cócoras em cima da cama e traseiro empinado e bem à vista, aconselhou:
- Põe os óculos e apalpa, mas com cuidado para não me magoares.
A Maria da Luz assim fez e com ar doutoral, depois de tirar os correctores da visão ao perto, afirmou:
- Realmente tens aí um pequeno quisto preto mesmo junto ao olho. O melhor é ires amanhã de manhã cedo ao médico do Recurso.
- Pois é! Vou já deitar-me para estar lá antes das oito da manhã. Fiquei preocupado e quero tratar isto. Mas tenho de pedir ao doutor para me passar um remédio barato senão o dinheiro não chega para o comprar e já não podemos tirar mais ao comer.
 
Na manhã seguinte, ainda o sol não despontara e já lá estava o João; fora o quinto a chegar.
Pelas dez horas chamaram:
- João Silva!
Como ouvia razoavelmente, de imediato começou o trajecto que tão bem conhecia para a zona das consultas de Recurso.
Ainda esperou um pouco até aparecer o médico que o cumprimentou:
- Olá, Sr. João! Então como vão as coisas? Entre e sente-se aí.
- Bom dia, Sr. Doutor! Eu vinha cá porque ontem à noite…
E contou o sucedido com bastante minúcia.
Depois de responder a duas ou três perguntas do médico este mandou-o tirar as calças e subir para uma marquesa.
Colocado na posição mais conveniente o clínico, que entretanto colocara as luvas, observou e apalpou a proeminência que tão preocupado deixara o seu paciente.
Depois de ter feito um qualquer trabalho com a tesoura, disse:
- Ó Sr. João! Olhe aqui o que o senhor tinha…
E mostrou-lhe o tal quisto.
- Sabe o que é isto? É cocó que ficou preso nos seus pelos e endureceu. Pode ir descansado e no futuro tem de se lavar melhor para não apanhar sustos.


publicado por António às 14:14
link do post | comentar | favorito
|

28 comentários:
De leonoreta a 4 de Agosto de 2008 às 20:06
nao acredito!
que horror!
sem palavras!
olha que tu!
podias ter escrito sobre a importancia que a primeira prenda de natal que te lembras teve no teu percurso existencial, mas nao.
beijinhos


De António a 4 de Agosto de 2008 às 21:17
Não acreditas?
Pois não, Leonor! És agnóstica...ah ah ah

Beijinhos


De leoonoreta a 9 de Agosto de 2008 às 12:18
ó cronista!
hoej é sabdo.
temos historia para ler ou nao?

(desculpa la o tom autoritario, ó pá - á boa maneira mourisca - que ate nem e usual em mim e nem nunca foi mas as vezes tem que ser para ver se isto das ronicas anda nos eixos)

beijinhos


De leonoreta a 9 de Agosto de 2008 às 12:20
sabes porque e que o comentario de cima tem tantos erros?
tenho que mudar de lentes.
que chatice.


De António a 9 de Agosto de 2008 às 18:16
Tem erros porque queres fazer de má e tu és boa!
Já tenho uma coisa escrita mas só sai amanhã ou segunda.
É preciso calma porque pressas com calor dão muita transpiração. E para isso já me chegam as caminhadas....ah ah ah

Beijinhos


De leonoreta a 9 de Agosto de 2008 às 18:38
amanha ou seguuuuuuuuuuuuuuuundaaaaaaaa?
tu tem paciencia!
eu boa? deus me livre! eu quero ficar na historia. os bons nao ficam na historia.
o einstein tambem dizia que para ter ideias transpira-se muito. cortaram-lhe o cerebro as fatias. que horror.
beijinhos


De António a 10 de Agosto de 2008 às 00:30
Quem não fica na História são os fracos!
Os bons e as boas, ficam...ah ah ah

Beijinhos


De leonoreta a 10 de Agosto de 2008 às 10:58
ainda não há historia?
aiiiiiiiiii, mau maria.

ai sao os fracos que nao ficam na historia? bom. nesse caso vou ponderar entre a maldade e a bondade. nao deve ser dificil.
logo se vê o que da menos trabalho
beijinhos


De António a 10 de Agosto de 2008 às 18:14
Já vai haver história...
Tu mandas!
ah ah ah

Beijos


De meldevespas a 4 de Agosto de 2008 às 22:10
Mas olha que eu sou crente, e mesmo assim, esta história está inacreditável!!!! Úm quisto no olho do cu!!! Oh Meu Bom Deus, mas é que se ía lembrar duma destas!!! É que estou farta de rir com o nascido eheheheh
Beijinho e boa semana


De António a 5 de Agosto de 2008 às 00:13
Olá!
O que é preciso é ter ideias, ou seja, ser um idiota!
Obrigado pela visita.
Beijinhos


De Anónimo a 5 de Agosto de 2008 às 22:36
A Maria da Luz, que conheço, jamais, se deitaria com um joão que não lavasse o olho do cu. Não te enganaste no nome?
Ou não conheces nenhuma Maria da Luz?


De António a 6 de Agosto de 2008 às 09:48
Já a minha mãe dizia:
Há muitas Marias na terra!
Beijinhos


De criancices a 6 de Agosto de 2008 às 01:20
Ai balha-me Santo António.... pelo amor da Santa, hehehe!
Umas Óptimas Férias, António, se for caso disso!


De António a 6 de Agosto de 2008 às 08:46
Olá, Rosa!
Obrigado por teres comentado...

Beijinhos


De Brito Ribeiro a 6 de Agosto de 2008 às 20:21
Surpreendente, um quisto merdáceo em rota de colisão com o olho final (dos finalmente).
Muito bem, primo!

Abraço


De António a 6 de Agosto de 2008 às 21:27
Isto é que é verdadeiramente uma história da merda!
ah ah ah

Abraço


De tb a 8 de Agosto de 2008 às 21:06
ahahahahahaah
está demais, meu querido amigo!
O que faz a falta de vista! ahahahahaha
beijocas


De António a 9 de Agosto de 2008 às 09:22
Obrigado, querida Teresa!
Vai aparecendo...
Beijinhos


De ressaca a 8 de Agosto de 2008 às 22:15
Pedindo antecipadas desculpas pela “invasão” e alguma usurpação de espaço, gostaríamos de deixar o convite para uma visita a este Espaço que irá agitar as águas da Passividade Portuguesa...


De wind a 8 de Agosto de 2008 às 22:46
Gargalhadas, esta história está deliciosa.lololol
Beijos


De António a 9 de Agosto de 2008 às 09:23
Eu diria que deve ser um pouco amarga...ah ah ah

Beijinhos, Isabel


De Paula Raposo a 10 de Agosto de 2008 às 11:30
Coisas que acontecem...e as pessoas de idade são como as crianças. Muitos beijos.


De António a 10 de Agosto de 2008 às 18:14
Beijos, Paulinha!


De maria diegues a 25 de Agosto de 2008 às 20:26
Olha António estou para aqui a rir com esta do quisto no olho do cu, está bem imaginado, sim senhor!!!!
Tens um comentário de Vila Praia de Ancora, terra que eu amo de paixão.
Bem vou continuar a ler-te.
Bjs.


De António a 25 de Agosto de 2008 às 21:11
Bem vinda!
Beijinhos


Comentar post

Mais sobre mim
Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Posts recentes

Este parte, aquele parte....

As fotos de 21 de Maio de...

O 21 de Maio de 2011

O meu terceiro livro (IV)

O meu terceiro livro (III...

O meu terceiro livro (II)

O meu terceiro livro (I)

É dos carecas que elas go...

Três meses depois...

As fotos de 15 de Maio de...

Arquivos

Maio 2013

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Outubro 2010

Agosto 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Outros blogs
Pesquisar neste blog
 
Visitantes
Hit Counter
Free Counter