Irreverência, humor, criatividade, non-sense, ousadia, experimentalismo. Mas tudo pode aparecer aqui. E as coisas sérias também. O futuro dirá se valeu a pena...ou melhor seria ter estado quietinho, preso por uma camisa de forças!
Sábado, 16 de Maio de 2009
Eu... poeta não sou... (VI)

 

Aqui proclamo
Alto e bom som
Que eu não sou
Nem o mau
Nem o bom ladrão.
Sou um pobre homem
Sem vintém
Que nunca roubou
Nada a ninguém.
Um alienado.
Bebedor inveterado
Gingando pelas vielas.
E os gentios
Vêm às janelas
Ver-me caído
Meio a morrer.
A uns faço rir
E a outros pensar
Como certas pessoas
Vão a vida acabar.
 
Hoje acordei assim...
Ai de mim!
Mas depois percebi
Que fora um sonho
Feio, medonho
E renasci
E revivi
 
Estou aqui!
 


publicado por António às 18:23
link do post | comentar | favorito
|

21 comentários:
De Gisela a 16 de Maio de 2009 às 21:15
Belíssimo!

Beijinho


De António a 16 de Maio de 2009 às 21:25
ah ah ah

Minha querida!

É uma coisa tão fraquinha...

Beijinhos


De leonoreta a 17 de Maio de 2009 às 20:47
ola antonio
ai que contradiçoes. plenamente justificadas por advirem de um pesadelo que por si só é cheio de significados contraditorios.
eu tambem era para ter postado hoje mas deu-me a preguiça.
beijinhos


De António a 17 de Maio de 2009 às 21:05
Olá, querida Leonor!

Isto não vale nada,mas preciso de ir escrevendo algumas coisas.

Beijinhos


De wind a 18 de Maio de 2009 às 10:22
Um poema que fala de um dos males desta sociedade. Gostei:)
Beijos


De António a 18 de Maio de 2009 às 11:59
É fraquinho, Isabel, é fraquinho!

Beijinhos ternos


De Maria Papoila a 20 de Maio de 2009 às 15:58
Olá António:
Hoje vim espreitar-te... Um sonho mau de que despertas num grito de afirmação... Estás aqui e é bom que estejas porque gosto de ler-te mesmo oa teus "não" poemas para te perafrasear.
Beijinhos


De António a 20 de Maio de 2009 às 19:13
Minha querida amiga!
Agora ando muito afastado dos blogs.
É preciso variar para a vida não cair numa rotina monótona e entediante.

Beijinhos ternos


De Eli a 20 de Maio de 2009 às 16:28
... mas bebes dos versos como se de uma folha verde se tratasse...

:)


De António a 20 de Maio de 2009 às 19:07
Preferia que fosse de um copo...eh eh



De Gisela a 20 de Maio de 2009 às 22:06
Um poema em seta! :)

Estou aqui!

Beijinhos


De António a 20 de Maio de 2009 às 22:25
ah ah ah


De Elisabete Fragoso a 26 de Maio de 2009 às 14:10
Com que então não és poeta prosador...Até que gostei!
Vou indo e vou lendo...
Pena que aqui não apareça as letras que escrevo,vai ao calhas.
Porque se´ra que não consigo ler o que estou a escrever...mais uma partida da net?
Xiiiiiii
Beijos
Lis


De António a 26 de Maio de 2009 às 14:16
Olá!
Obrigado pela visita.
Se não vês o que escreves é porqque estás a fazer alguma coisa mal...eh eh

Beijinhos


De Betty a 15 de Junho de 2009 às 01:39
._________querido António



que belo poema____adorei verdadeiramente:=)





beij0_______tern0
bSemana


De António a 15 de Junho de 2009 às 09:26
Bom dade a tua, minha querida Betty.

Beijos ternos


De António a 15 de Junho de 2009 às 09:27
Ora...
Bondade e não Bom dade, claro!


De betania a 13 de Julho de 2009 às 10:28
Olá António! Vim a uma loja de Internet, nao tenho net em casa, gostei de te ver activo e adorei este poema.

Podes ligar durante o dia porque estou de férias a cuidar do meu pai que já tem 90 anos e está dependente.

Nao consigo reactivar o meu blog. Eu nao quero acabar com ele, embora tenha estado parado por motivos de doença e por falta de net.

Beijinhos
betania


De António a 13 de Julho de 2009 às 12:04
Olá, Isabel!
Há muito que não sabia nada de ti.
Agora estou a escrever muito pouco pois estou mais preocupado em publicar e vender o que já escrevi e não é pouco.
Saúde para ti...e boas férias.

Beijinhos


De Elisabete Fragoso a 20 de Agosto de 2009 às 16:15
Eu? Fazer coisas más?? Querias,sou muito boazinha....
Quanto ao poema....continua...até gostei....
Já sabes como eu sou!
Rsrsrsrs
Beijos


De António a 20 de Agosto de 2009 às 17:47
Olá, Lisie!

Como não sou poeta, não me parece que estas palavras que escrevi valham alguma coisa.
Mas como o blog é meu...coloquei-as on-line...ah ah ah

Beijinhos


Comentar post

Mais sobre mim
Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Posts recentes

Este parte, aquele parte....

As fotos de 21 de Maio de...

O 21 de Maio de 2011

O meu terceiro livro (IV)

O meu terceiro livro (III...

O meu terceiro livro (II)

O meu terceiro livro (I)

É dos carecas que elas go...

Três meses depois...

As fotos de 15 de Maio de...

Arquivos

Maio 2013

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Outubro 2010

Agosto 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Outros blogs
Pesquisar neste blog
 
Visitantes
Hit Counter
Free Counter